Protagonismo na sua alimentação

   Com o volume avassalador de informações nutricionais disponíveis fica cada instante mais difícil decidir o que comer.

   Portanto não adianta cortar o glúten porque a vizinha emagreceu, assim como não adianta insistir no consumo da lactose se toda vez que você consome não se sente bem.

   Em consultório costumo dizer que é função do nutricionista ser o guarda chuva e junto com o cliente filtrar e realizar uma orientação personalizada.

   Você é o piloto da sua própria alimentação e restabelece suas conexões com a alimentação na integra. A frase clássica: “lembre-se de sempre se lembrar de nunca esquecer – você é o(a) protagonista da sua História. Busque aquilo que faz sentido para você. “ combina assim como feijão e arroz se completam.

   O nosso corpo fala e quando estamos conectados com nossa saúde e seus cuidados ,  podemos escutar antes que ele grite. Importante é dar um passo de cada vez e quando mais perto da natureza forem suas escolhas alimentares mais saúde você terá.

   Quando falo em cuidado pessoal e ser o diretor da sua vida, em termos de atividade física o mesmo é válido para protagonizar seus cuidados é importante que faça o que gosta e encaixe na sua rotina. Benjamin Franklin já dizia: “as chaves do êxito: escolha algo que lhe apaixone, dê o melhor de si mesmo e não deixe escapar as oportunidades.”          

   O conceito de qualidade de vida é dinâmico e depende de diversas variáveis que envolvem bem-estar físico, mental e social. O que vai além da presença ou ausência da doença e envolve prazer ou sacrifício. Sendo o bom senso o limiar de uma vida mais plena.

   Tudo que é demais faz mal: não comer salada, comer frutas em excesso também pode elevar a glicemia, dietas restritivas, exercícios físicos monótonos, a preocupação excessiva com a aparência, o envolvimento excessivo com o mundo virtual e o distanciamento do real, a insatisfação constante consigo mesmo, a perda da vida social são sintomas, carregados de significados.

   O corpo fala e nossa mente reclama. E o que você pode fazer para superar isso e melhorar sua alimentação e saúde? 

   Hoje a preocupação é muito maior no que comer para emagrecer do que comer para ser saudável.  O prazer nas do comer e fazer exercícios toma uma esfera pequena dentro do ter para ser.

   Pense com carinho quais são seus três motivações que te levam a desejar uma alimentação mais saudável? Qual a conexão desses motivos estão mais aliados à causas externas ou a motivos pessoais seus?

   Sempre que bater a vontade de desistir ou de se boicotar, lembre-se dos seus motivos para superar as dificuldades e atingir seus objetivos.

   A alimentação é muito mais do que contar calorias ou nutrientes. Quando levamos o garfo à boca sensações e emoções vêm juntos, pode ser culpa, preguiça, pressa, fome, vontade de comer, satisfação instantânea, lembranças da infância, e/ou ato mecânico de comer para ter energia.

   Um bom exemplo de superação é quem tem sucesso na cirurgia bariátrica, pois vai muito além do ato cirúrgico, envolve um excelente preparo psicológico e cuidados nutricionais diferenciados em cada fase.

   Fica muito simples rotular apenas pelo índice de massa corporal ou comorbidades relacionadas a obesidade, já recebi um cliente que veio com a ideia fixa da cirurgia, mas com o planejamento alimentar flexível e personalizado apresentou resultados excelentes de emagrecimento, relatou nunca antes ter percebido o que comia e atingiu o peso desejado sem a realização do procedimento cirúrgico.

   Não existe receita de bolo para o sucesso da alimentação saudável, a individualidade prevalece, por exemplo uma menina de quinze anos que já tentou de tudo para emagrecer pode estar mais pronta e preparada  para a cirurgia, desde que esteja disposta a sincronizar a mente com o estômago magro .

   As ditaduras da moda e do instantâneo podem levar a frustração e estados depressivos. Muitas vezes uma redução de cinco quilos já traz um ganho enorme para sua auto-estima e corpo. Compare você com você e não com as modelos de passarela.

    Meça o peso que a palavra disciplina tem em sua vida. Faço o convite à você para superar-se em uma versão melhor de si mesmo.

   Lembre que a culpa é um sentimento que pesa e o perdão emagrece. O que fará de melhor e mais consciente por sua saúde e por você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvimento: Dr Computador | Fone: (41) 99667.2018.